SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE RERIUTABA

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE RERIUTABA

LEITURA E COMPREENSÃO

                  Leitura
É um processo de interação entre o leitor e o texto: neste processo tenta-se satisfazer os objetivos que guiam sua leitura.
A leitura é o processo mediante o qual se compreende a linguagem escrita. Nesta compreensão intervêm tanto o texto, sua forma e conteúdo, como o leitor, suas expectativas e conhecimentos prévios.

Isto não significa dizer que o texto em si mesmo, não tenha sentido ou significado. O significado que um escrito tem para o leitor não é uma tradução ou réplica do significado que o autor quis lhe dar. 
        Processo de interpretação da informação
O ato de ler consiste no processamento  de um texto escrito com a finalidade de interpretá-lo.
Passos do processo
PERCEPÇÃO
MEMÓRIA
REPRESENTAÇÃO DE MUNDO
Estratégias utilizadas na leitura
nDecodificação
nAntecipação
nInferência
nSeleção
nVerificação
Estratégias de leitura:

Antecipação ou previsão – permitem supor o que está paraouvir;
Inferências – possibilitam ao leitor deduzir o que não estáexplícito no texto;
Verificação – possibilitam ao leitor checar a veracidade ounão das previsões e inferências feitas no decorrer daleitura;

Para ler precisamos nos envolver em um processo de antecipação e inferência contínuas, que se apóia na informação proporcionada pelo texto e na nossa própria bagagem.
Promover atividades com objetivos diferentes, desenvolve diferentes estratégias  de leitura.
MECANISMOS DE CONTROLE DA COMPREENSÃO.

A questão dos objetivos que o leitor se propõe a alcançar com a leitura é crucial, porque determina tanto as estratégias responsáveis pela compreensão, quanto o controle  que, de forma inconsciente, vai exercendo sobre ela, à medida que lê.
INDICADORES QUE APARECEM NO TEXTO: 
título, subtítulo, negrito, ilustração, estrutura do texto etc.

O leitor utiliza todos os recursos dos indicadores para antecipar qual será o assunto do texto; para saber os aspectos do tema que serão tratados; para prestar atenção a aspectos importantes etc.
No processo de ensino e de aprendizagem os indicadores precisam ser levados em conta e devem ser ensinados aos alunos para que os utilizem.
Diferentes maneiras de abordar um texto de acordo com os objetivos.
Leitura silenciosa integral quando se lê um texto inteiro com o mesmo tipo de atitude leitora. Ex: leitura de um romance.
Leitura silenciosa integral quando se lê um texto inteiro com o mesmo tipo de atitude leitora. Ex: leitura de um romance.
Leitura seletiva, orientada por um propósito de ordenação ou pra extrair uma vaga idéia global. Caracteriza-se pela combinação rápida de algumas passagens e de leitura atenta de outras.Ex: leitura de jorna
ANTES DA LEITURA: 

Ativar o conhecimento prévio (O que sei sobre este texto?)
4PARA AJUDAR OS ALUNOS A UTILIZAREM SEU CONHECIMENTO PRÉVIO É IMPORTANTE:
Dar pistas para abordarem o texto.
Ajudá-los a prestar atenção a determinados aspectos do texto que podem ativar seu conhecimento.
4ESTABELECER ANTECIPAÇÕES SOBRE O TEXTO:
Formular hipóteses, fazer previsões. É preciso possibilitar ao aluno um momento para o que tem no texto, para que depois da leitura, retorne às previsões para checar o que se confirmou ou não.
Promover perguntas aos alunos sobre o texto.
4 PROFESSOR COMO MODELO
Quando o professor formula aos alunos suas próprias previsões, é importante explicar-lhes em que se baseia para formulá-las; também seria conveniente que algumas das suas previsões não se realizassem e que verificasse com os alunos porque isso aconteceu. Assim, eles perceberiam que o importante não é a exatidão, mas o ajuste a coerência. 
DURANTE A LEITURA.
Além do professor, é importante que os próprios alunos selecionem marcas e indicadores, formulem hipóteses, verifiquem, construam interpretações.
Assim, o aluno assume um papel ativo na leitura na aprendizagem.
DEPOIS DA LEITURA.
Retorno e confronto das previsões com o que foi lido.
Levantamento das principaisidéias do texto.
Discussão oral e/ou registro escrito.
Algumas condições para o ensino da leitura.
Partir do que os alunos sabem.
Favorecer a comunicação e análise
Familiarizar os alunos com a língua escrita e criar uma relação positiva com o escrito
Fomentar a consciência metalinguística.
Algumas condições para o ensino da leitura.
Experimentar a diversidade de textos e leituras
Ler sem ter queoralizar
Leitura em voz alta (como audiência)
nLeitura individual e coletiva

LITERATURA PAIC, PROSA E POESIA. 02





















LITERATURA PAIC, PROSA E POESIA.


















AMBIENTE ALFABETIZADOR.

O ambiente escolar como espaço que cultiva a responsabilidade de gerar, de criar, de fazer algo para que as crianças possam reconhecer a sala de aula como um lugar próprio, ao mesmo tempo pessoal e coletivo de aprendizagem.
Livro AlfabeLetrar fundamentos e práticas. Maria Isabel H. Dalla Zen e Maria Luisa M. Xavier (organizadoras). Editora Mediação.